11.12.09

O sonho que era real....

' sonhos confusos vem em sua mente...
com varios rostos, mas com alguns mais claros,
e ela sonhava dormindo, com quem sempre sonhava acordava,
e mesmo em sonho a dúvida de qual dos rostos nitidos seguir...
os dois poderiam mudar a vida por completo...
como ela havia dito antes, uma pessoa muda o futuro,
e o futuro talvez fosse um tão bom quanto o outro,
mas ela nunca iria poder comparar,
porque só aconteceria uma única vez...
o sonho era tão real que podia sentir o vento em sua pele,
e o cheiro do lugar...
e quando ela acordara podia sentir a dúvida gritando em sua mente e em seu coração,
e a dúvida pesava ... pesava tanto que seu olho lacrimejava...
a dúvida entre o olhar que a tocava e fazia não pensar mais perdendo por completo seus movimentos causando uma sensação indecifravel...
e o olhar que a fazia sorrir de maneira nunca vista a transbordando de algo desconhecido mas que lhe fazia bem...
mas ela enfim deixou que o futuro acontecesse em seu tempo,
e não precipitalo tentando tomar decisões que ainda não estavam no devido tempo...
com esse pensamento, o peso diminuia até ao ponto de pesar como uma pena,
mas ela sabia que uma hora pesaria novamente,
ao ponto de as lágrimas escapassem de onde não deveriam sair...

Nenhum comentário:

Postar um comentário