22.1.10

'enquanto as gotas caíam...


A as gotas caiam batendo nas folhas e flores;
O barulho da água caindo me invadia...
O tom do verde mudavaem uma infinidade de verdes diferentes..
Os trovões completavam o som uma vez ou outra quando aparecia.
A água na terra fazia pequenos riahos levando água para algum lugar desconhecido,
a brisa vinha e encontrava a minha pele,
dando uma sensação deliciosa na qual não saberia explicar por palavras
As folhas das árvores se ricocheteavam,
batendo umas nas outras
As gotas da chuva vinham escorregando de uma folha a outra
até caírem no chão...
Enquanto tudo isso acontecia eu continuava a rocurar o que o barulho dachuva queria dizer...
o queria me trazer...
Até que me perdi nas lembranças ...
me perdi em sorrisos, lágrigas e palavras tidas em silêncio...
me lembrava dos olhos preocupados, e o medo que eles transmitiam...
mas no fundo haviauma certeza,e aquela certeza me fazia sorrir...
me lembrava das pequenas palavras que eram ditas por olhares e pequenos abraços...
Ah... o abraço que me fazia sentir segura, me fazia feliz...
Sentia falta até mesmo das lágrimas que foram derramadas juntas, por coisas que no momento eram tão importantes, e pareciam tão trágicas rsrs'
E agora pequenas coisas de meninas indo pra adolescencia...
me lembrava também daquela única briga que terminou em abraçode consolo... dizendo que tudo daria certo e que estariamos juntas...
novamente o barulho das gotas voltavam ao foco
e percebi o que as gotas diziam
e o que me traziam...
me traziam inúmeras lembranças de algo que nunca sairáde dentro de mim ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário