13.4.10

Não importa mais...


"...Que minha solidão me sirva de companhia.
que eu tenha a coragem de me enfrentar.
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo"

(Clarice Lispector)





Escuto as palavras jogadas ao ar...
penso em o que responder a elas, e simplesmente não tenho nem vontade pra isso.
Hoje me sinto imparcial, como se não fizesse diferença.
E sinceramente hoje não faz.
Fico triste por me sentir assim, pois antes eu me importava tanto.
Mas tudo muda, e esses sentimentos mudaram.
A única coisa que não muda é o amor de Deus. E nesse amor que me seguro, que me apoio, que me rendo.
Já me acustumei com o fato das pessoas se afastarem, e se ainda estão perto nem é a mesma coisa.
São poucos o que ficam... e aprendem como lidar comigo. Ou talvez até eu com elas.
As vezes é preciso ser mais racional, e amadurecer sobre alguns aspectos.
Bem acho que a hora já veio e eu nem mesmo senti de tão natural que foi.
Enfim...


(:

Nenhum comentário:

Postar um comentário