10.5.10


' E ela ficava tentando imaginar da onde teria vindo...
assim quando menos esperava, ele apareceu, sorrindo e dizendo tudo o que precisava ouvir.
O medo a invadia como sempre, mas dessa vez por algum motivo que não sabia tudo estava sem aquela sensação estranha que sentia...
E ela sentia que precisava daquilo, mesmo que fosse or alguns momentos...
o perfume a invadia, as palavras doces a inundavam... de um jeito diferente... e fazia com que sorrisse, fazia como se fosse mais feliz novamente....



"Deixa eu mimar você, adorar você
Agora, só agora(...)
Sabe, serei seu lar se quiser
Sem pressa, do jeito quem tem que ser... ♫♪"

Nenhum comentário:

Postar um comentário