7.5.10




'E ela sentia falta do tempo em que tudo era fácil,
que a felicidade a invadia...do tempo em que acreditava em que o seu pai era um super herói, sem medo de correr para seus braços, pois sabia que ali estaria segura...
As vezes penso se um dia aquilo iria voltar.
Aquela vontade de ser gente grande, das histórias de contos de fadas, com princesas, principes e dragões.
Contos de fadas que sonhava que se tornassem realidade.
Mas um segredo posso lhe contar... que ela ainda tinha esperança, e a crença de que super heróis e contos de fadas ainda poderiam ser reais... e ela que já aparentava ser "gente grande", ainda teria uma menina dentro de si, e que talvez ela não queira que ela cresça...

"Traga toda a tua lenda, traga o teu cobertor
Que eu trago a poesia, pra cantar nosso amor"
♫♪

Nenhum comentário:

Postar um comentário