8.6.10


O sol ainda estava nascendo, o vento frio era cortante, mas o vento frio dava uma sensação demasiadamente boa.
Enquanto o vento esvoaçava seus cabelos, ela observava tudoao seu redor...
Cada folha se balançando, cada andar das poucas pessoas que iam e vinham, o olhar em que uma ou outra também a observava.
Ela já não sabia aocerto no pensava naquele momento, só estava deixando seus pensamentos voarem, e se perderem em lugares nos quais não procurava saber... as vezes seu olhar saía de foco,enquanto pensava no que poderia acontecer no futuro.
E como sempre não tinha nenhuma conclusão. Mas naquela manhã, sem saber o porque, sentia como se algo fosse acontecer. Algo bom. E só lhe restava esperar...

2 comentários:

  1. Oi flor, obrigada pelo carinho lá no blog! Tbm gostei de teu cantinho e sigo-te...
    "Algo bom. E só lhe restava esperar... "
    eu já não acho bom esperar, em ocasião nenhuma, hahah!
    beijos
    bem bonitas tuas palavras

    ResponderExcluir
  2. Ás vezes só resta esperar. ^^

    Beeeejo pra vc. :)

    ResponderExcluir