19.6.10

A amizade verdadeira.


Parecia que o tempo não havia passado dentro de nós.
Aquele sentimento de amizade inabalável, de segurança, de respeito, de liberdade pra falar o que sentíamos. Tudo. Tudo estava intacto.
A saudade chegava a apertar nossos corações. Ainda havia as brincadeiras, as histórias, tudo.
Elas pararam uma de frente para outra e se esvaziavam. As duas diziam tudo o que andava apertando seus corações. Contavam as alegrias que queria que estivessem juntas.
E as tristezas que nos invadiam e nos faziam com que pensássemos “Queria tanto que ela estivesse aqui” .
Uma ouvia a outra com uma atenção inexplicável, prestando atenção em cada palavra dita, cada detalhe, cada expressão.
Lembrávamos das histórias que passamos, do tempo em que andavam todos juntos todos os antigos amigos, E dizíamos que nunca iríamos nos separar. Éramos mais novos, e acreditávamos nisso de todo o coração. Mas não foi o que aconteceu.
Cada um foi para seu lado.
Mas ela, era diferente. Ela era meu apoio, minha base, minha amiga. E ela nunca, nunca desistiu de mim. E tudo era como antes. Tudo estava bem guardado dentro de nós. Num lugar onde ninguém poderia tirar, nem ao menos tocar.

Um comentário:

  1. Amiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiigah Que PERFEITO!!!!!
    Te Amo Tanto Niiinhaa!
    E tenha certezaa NUNCA VAI MUDAR !!!

    ResponderExcluir