4.7.10

Sorrir.

E mesmo ela tentando evitar, seu coração gritava por ele.
Todas as melodias que tocavam... invadiam cada fração do seu corpo lembrando dele... dos risos, dos olhares, de tudo.
Ela sabia que precisava dele, e queria do mais profundo do seu coração, que ele sentisse o mesmo.
Só de lembrar ela sorria mesmo sem querer, viajando em seus pensamentos...com as lembranças felizes.
Quando ela estava com ele ela esquecia de tudo que acontecia ao redor. Era como se tudo em volta desaparecesse, e se criasse um mundo só deles, onde tudo era feito daquele sentimento que eles sentiam. Na verdade ela não sabia exatamente o que era, ela só sabia que ele a fazia sorrir. Sorrir. Ela só queria sorrir.



"Mas é doce morrer nesse mar de lembrar
E nunca esquecer
Se eu tivesse mais alma pra dar
Eu daria, isso pra mim é viver"


Djavan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário