20.8.10

"Eis que me encontro...

...mais uma vez a esperar... Sem saber o que pensar, pensando em que falar, falando sem pensar... E aguardo a espera da esperança, que guardo em quanto aguardo esse fardo de que calo, se esvairá como cinzas de cigarro..."

Cassi Tamandaré

Nenhum comentário:

Postar um comentário