25.11.10

Não perca tempo com o que não te pertence.


Os dias estão ficando cada vez mais banais, meus medos não tem tido mais tanta importância, meus sonhos se tornam mais reais, tudo aquilo que são coisas intocáveis estão meio que diminuindo.Me adaptar não tem mais tanta importância, grupos de amigos muito menos, acreditar que tudo é pra sempre não é mais tão intacto assim. Penso que o que mudou agora é que agora a fase de reclamar pelas mudanças estão terminando, muito tempo depois do que deveria ter terminado. Gastei tanto tempo reclamando do que tinha perdido que não a mínima para o que estava ganhando. Estava ganhando coisas muito mais reais, mais importantes. Existem horas em que devemos aproveitar as oportunidades. Se importar com amigos que se foram, tristezas e tudo o mais, e não fazer o que realmente devemos fazer só atrasa as coisas a acontecerem. Demorei a ver as pessoas importantes que estavam chegando só por olhar as que se foram, demorei a me dedicar a oportunidades por imaginar como teria sido se tivesse tomado outro caminho. É preciso viver. Não adianta tentar viver algo que não é pra nós, que não está ao nosso alcance. O que tiver de acontecer vai acontecer, quem tiver de ficar vai ficar, o que tiver de ir, infelizmente ou não, irá. E não adianta chorar por isso, pois não vai voltar, nunca volta... pelo menos não da forma de antes. O fato é que é preciso haver mudança, é preciso haver amadurecimento, é preciso haver vida.

2 comentários:

  1. Olá e ai tudo bem?
    Realmente,as vezes pra mudar é preciso deixar algo pra trás,mas coisas melhores viraão.

    Visita meu blog por favor?Novo poema
    RIMAS DO PRETO

    Bjos

    ResponderExcluir