25.12.10

Impor mudanças.

Por favor, eu não quero mais isso pra mim... não quero mais esses medos, não quero mais esses mesmo erros, não quero mais nada disso. Não quero sentir essa vontade de falar com alguém mesmo tendo a certeza lá no fundo de que tudo iria acabar mal. Eu não quero mais ter essas certezas... eu não quero mais ter que planejar, ter que procurar, de ligar, ter que me iludir de novo. Não quero mais tantas decepções, tantas expectativas não alcançadas. Não quero mais construir coisas boas em alguém que nunca em hipótese alguma irá construir comigo. Não quero mais decepcionar as mesmas pessoas com os mesmos erros. Não quero mais depositar tantas esperanças em pessoas assim, que quando realmente preciso simplesmente desaparecem... Não quero mais tudo isso. Por favor... não quero mais. Eu prometo fazer acontecer muitas coisas, prometo fazer tudo o que estiver ao meu alcance, não vou mais deixar eu ficar com o sentimento de não ter feito o que deveria, prometo fazer a minha parte. Dessa vez eu quero viver por completo... quero impor minhas opiniões, quero o real. Eu na verdade preciso do real, me entende?! Eu não iria suportar mais tantas ilusões, eu não quero mais, eu na verdade nem me permito mais. Eu quero sim a felicidade, mas quero aquela pra ser sentida, aquela pra se viver, e não aquele de imaginar como teria sido ou como irá ser. Eu quero viver o agora, o que estou vivendo nesse instante. Quero cuidar mais de mim. Quero cuidar mais da minha vida profissional, quero cuidar da minha mente, cuidar do meu corpo, cuidar da minha saúde... quero me cuidar, quero me amar, eu quero viver de verdade. Estou cansada dessa mesmice... estou cansada de deixar as coisas acontecerem, de não fazer a real diferença... estou cansada das mesmas coisas, e das mesmas consequências. Quero me sentir satisfeita comigo mesma, com o que consegui e com o que vou alcançar. Dessa vez, eu quero chegar no final e dizer, "cara, dessa vez valeu a pena, dessa vez eu alcancei o que eu queria".Quero pelo menos uma vez sentir aquela vontade de levar até o fim, quero ter aquela vontade de não abandonar tudo pela metade.
Dessa vez vou fazer por onde. Dessa vez vou realmente viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário