9.12.10

Previsível.

Ela era diferente. Essa era a unica certeza que poderíamos ter. Tentavam decifra-la, tentando influencia-la, mas ela sempre agia de uma forma diferente do que queriam. Ela não se importava com muitas coisas, perdoava muitas coisas, recriminava outras, e sempre era dita como previsível. Alguns debochavam por ser tão previsível. Houve um tempo onde ela se importava muito com o que diziam. Ela insistia pessoas que muitos já tinham desistido. Ela era sem sal, ela era comum, era invisível. Era a que levava muitas culpas. Ela era a que sempre errava, a que machucava as pessoas. Ela pensava que tinha muitos amigos, mas todos dizem, ela é sozinha. Ela nem personalidade tinha. Ela não era popular e nem andava na devida "moda".Passava por despercebida sempre. Não era a mais bonita, não era a mais feia, era o comum, o médio. O previsível. Ela era diferente igual a todos os outros. Não era necessário nem descrevê-la.
Isso era o que todos pensavam. Se eles diziam? Nunca diretamente. Todos são fracos, comuns e previsíveis demais para tanto.

Um comentário:

  1. ninguém é forte o suficiente pra dizer abertamente o que pensa.

    é. :/

    ResponderExcluir