27.12.11

Um lugar pra pousar


Eu só quero que as coisas fiquem em seus devidos lugares, quero ter força pra suportar. Quero que tudo aconteça como tem que acontecer. Quero confiança.
Quero amor, todo amor que eu puder ter. Mas só se for o verdadeiro. Quero alcançar aqueles objetivos que a tanto tempo procuro alcançar. Quero poder ficar tranquila, sem aquele peso horrível no coração. Quero aprender a saber em quem confiar. Quero verdade. Quero poder sentir que pelo menos uma coisa deu certo de verdade. Quero perder as inseguranças.
São tantas, mas tantas coisas que eu quero. Eu quero poder criar raízes, coisa que até hoje não consegui. Se algo me irrita uma vez, eu logo já deixo de lado, não procuro compreender, ou tentar entender. Sempre quis ter asas, mas de que adianta ter asas se não tenho onde pousar? Quero encontrar algum lugar em que eu me sinta segura em ficar. Quero isso. Estou tentando fazer com que esse seja o meu lugar seguro, fazer com que você seja meu lugar seguro , mas pra saber, vou ter que esperar. Então pra isso, quero mais uma coisa: paciência.

25.12.11

Pra Ti.


Eu sei que não fui o melhor dos exemplos nesse ano, mas Senhor, quero te agradecer por esse ano, pela minha vida, pelas pessoas que amo e pelas que aprendi a amar.
Mas principalmente, Deus, quero agradecer pelo nascimento do Seu Filho a favor de nós.
Bem, parabéns a Ti Jesus.


"onde a virgem Maria trouxe ao mundo O Príncipe da Paz, o único capaz... De transformar o caos em harmonia, a tempestade em calmaria"
fruto sagrado - uma noite te paz

19.12.11

Vem cá, deita aqui no meu colo pequena.



Vem cá, deita aqui no meu colo pequena. Você precisa ser forte, tá me ouvindo iaiá? Levanta essa cabeça e seca essas lágrimas. Calma pequena, vai dar tudo certo, eu to aqui, não tá vendo? Eu sei que tá doendo, e não, não estão tirando nada de você, ninguém vai tirar o que você ganhou de você. O que já te deram já é seu. Morena, entende que é preciso, não se pode fazer nada... aliás pode sim. Você pode ser forte pra ajudar a ele ser forte. Eu sei que vai doer, sei que vai ter saudade, sei que vai ter uma pancada de coisa pra você enfrentar.
E se você não aguentar? Claro que aguenta, acha mesmo que você ia ganhar algo pra te fazer não aguentar. Pequena, pensa no que vocês já tem, pensa nos sorrisos, nos braços e abraços morena... pensa nas longas conversas, e nos longos minutos de olhares. Pensa na sinceridade que queriam passar. É, eu sei que tá chegando, mas passa rápido, você vai ver.
E se der errado? Vai dar certo, entende isso.
Enquanto isso, vai pedindo pra Deus cuidar de vocês, vai pedindo, mesmo baixinho que Ele escuta.
Senta aqui então e fica quietinha só ouvindo tá? então tá bom morena. Se pode dormir? Claro que pode, é bom que passa essa ansiedade um pouco. Boa noite morena, fica bem.

8.12.11

Como se pudesse ler sua mente.


A menina dos cabelos negros acabava de entrar no elevador pensando no que fazer com suas enormes preocupações com o futuro, quando avistou um senhor de idade.

-Boa tarde. - disse a menina sorrindo.
-Boa tarde, nossa continue assim com essa educação e esse sorriso no rosto sempre.

A menina riu sem saber muito o que dizer.

-Olhe, - continuou o senhor- você precisa parar de pensar no que vai acontecer daqui pra frente, pois o seu futuro você sabe nas mão de quem está, certo? Aproveite tudo o que você pode aproveitar, o máximo que você puder. E não se esqueça de aproveitar com muita responsabilidade! E outra coisa, não é pra você ficar chorando, você precisa sorrir, chorar não adianta de nada. Aproveite muito o tempo que você tem, pois as coisas passam muito rápido. Boa tarde.

E o senhor de idade saiu do elevador, deixando a menina sem reação alguma, fazendo com que ela pensasse que podia até ler sua mente.

6.12.11

E quando você for? Vou querer que o tempo voe moreno.


Há alguns meses, eu não fazia mais questão do tempo passar depressa. Queria mais que tudo acabasse, pois eu não tinha motivos pra que ele passasse devagar.
Aí então veio você, com seu sorriso que me faz sorrir junto, fazendo com que eu quisesse que o tempo parasse enquanto eu estava com você. E quanto mais eu desejava que o tempo parasse mais ele corria. Ah moreno, o tempo tá passando rápido, e já está chegando a hora de você ir. E o que podemos fazer? Promessas de que quando tudo acabar voltaremos a ser como somos hoje? Não, não não. Não quero isso moreno. Eu quero aproveitar o máximo que tenho de você, quero aproveitar tudo o que eu puder e não puder.
A noite, quando me liga furtivamente, nem me incomodo de mandar meu sono embora. Você me pedindo desculpas por me acordar, e falando que é só pra dizer que tá tudo bem e tal. Volto a dormir e tenho sonhos bons, só por te ouvir. Ainda mais, quando acordo e tem aquela mensagem de "desculpe te acordar, mas eu queria ouvir sua voz antes de dormir..." Ah moreno, assim vou querer você pra mim, assim vou criar mais esperanças... você não entende? Claro que ele entende, e faz questão de fazê-lo, faz questão de me fazer sentir assim.
Agora, quero que o tempo passe devagar, pra poder viver o máximo que tenho de você. E quando você for? Vou querer que o tempo voe, pra poder ter você mais perto de mim de novo.
Saber que você tá remando junto comigo, saber que você também quer o mesmo que eu, faz com que eu me sinta feliz de verdade.
Então vamos conseguir, e sabe porque? Porque queremos isso. E queremos juntos.

"O que é verdadeiro, volta e quem tem que ficar, fica."
Caio Fernando Abreu


28.11.11

Eu quero muitas coisas moreno, eu quero muito mais.


Quanto mais o tempo passa, mais eu quero estar com você. Quero continuar a ver sua cara de mal humorado quando acorda, quero continuar a perceber seu olhar na minha direção enquanto fico distraída, quero continuar a morrer de rir enquanto você faz cócegas, quero continuar com nossas brincadeiras, quero continuar a sentir seu cheiro...Eu quero muitas coisas moreno, eu quero muito mais.

Antes de você aparecer eu não queria nem metade do que eu queria agora. Eu até já quis antes, mas eu tinha desistido. Eu desisti porque via muitas pessoas sendo felizes e eu não, nunca tinha sido a minha vez. Então eu resolvi começar a ter outras prioridades, coloquei na minha cabeça que tinha que ter independência. Isso mesmo pequeno, independência. Eu não pensava mais em ter um amor, eu queria ser uma boa profissional, e coloquei minha vida pessoal como ultima opção. Penso que esse tempo de ter outras prioridades me fez muito bem sabe. Porque eu cresci um pouco mais, fiquei mais “adulta”. Com o tempo, me esqueci um pouco os romances, se me perguntassem se eu queria um alguém, eu diria que queria ter dinheiro, uma vida profissional estável, e que não precisava de alguém, porque gostar de alguém é coisa de adolescente. Aí fiquei eu, toda distraída com a vida corrida e quando menos esperava chegou você de mansinho, como ninguém quer nada invadindo parte de mim.

Eu, uma garota que pensou ter virado de lata, sentindo o coração voltar a pulsar com intensidade, fazendo todo o muro que construí desmoronar, por um rapaz que ficou escondido por tempos e resolveu aparecer do nada. Garoto abusado, invadindo meu coração e tendo a audácia de me fazer feliz. Vê se pode, quando eu consegui me sentir imune a paixões, vem um garoto abusado e me invade. E o pior, aceitou todos os meus defeitos, aqueles que eu mostro pra ver se o cara cai fora e me deixa logo em paz, o que sempre funciona. Mas não, ele viu minha cara de brava, e disse que eu ficava linda. Viu minhas brincadeiras repetitivas e riu de todas elas, viu meu ciúme e se sentiu bem, viu minhas lágrimas de irritação e secou, viu meu mal humor e me fez cócegas, viu meu jeito meio grudento e disse que cada dia que passava gostava mais de mim.

Pronto. E agora moreno? Você conseguiu passar por todos os muros de defesa, e conseguiu me ver com o realmente sou. Agora, que eu não consigo mais escrever sobre outra coisa ou alguém além de você, agora, que eu me pego sorrindo pensando em você. Agora moreno, que você conseguiu me alcançar, e me deixar com vontade de ser feliz de novo. Agora toma que está nas suas mãos. Está nas nossas mãos, moreno. Nos damos nossas mãos.




"(…) tudo que em mim se anunciava rude, nele se mostrava doce."

Caio Fernando Abreu

23.11.11

Quero.


Só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente.
Dessa vez, com você, eu queria que desse certo.



Caio F. Abreu

17.11.11

Algo me diz que vai dar certo.


Estou escrevendo mesmo. E sim é pra você, sem tirar e nem pôr. Sei que vai passar aqui pra saber o que escrevi sobre você e sua viajem moreno. Ou não, quem vai saber.
Enfim, o que importa é que estou aqui pra falar mais um pouco de você.
Então, o resultado já saiu e já sabemos pra onde vai, quando vai e tudo o mais. E moreno, a saudade que sisma em se adiantar chegou cedo, chegou antes do que deveria. E eu quero aproveitar você o máximo que eu puder, eu quero o agora, eu quero você agora.
Saber que você vai ficar mais perto no ano que vem faz com que eu me sinta melhor. Eu sei que você vai precisar ir, mas eu quero que você saiba que eu estou aqui, e mesmo longe você vai poder contar comigo. Eu não vou esquecer nossas brincadeiras, nossas implicâncias, nossas caretas, nossos olhares, as horas que passamos juntos e todo o resto. Eu não vou te esquecer pequeno, e ainda vou querer muito mais de você. Porque tem algo me dizendo que vai dar certo pra gente moreno. Mas por enquanto vamos vivendo um dia de cada vez, porque foi vivendo um dia de cada vez que a gente chegou aqui. Vai dar certo moreno, eu sei que vai.

5.11.11

Dizer enquanto é tempo.


Sabe menino, eu quero cuidar de você. Eu quero cuidar de você porque você me faz sorrir e porque quando escuto sua voz tenho vontade de fechar os olhos pra poder gravar ela na minha memória e ficar passando e repassando ela antes de dormir. Eu quero cuidar de você, porque quando você deita do meu colo e dorme eu coloco a mão no seu peito só pra sentir as batidas do seu coração.
Menino, você não tem ideia do que é isso pra mim. São tantos os detalhes pequeno, são tantas as coisas que eu queria te dizer, são tantos os sorrisos que você me trás, são tantas saudades antecipadas, são tantas situações, sã tantas as palavras que você me diz e eu guardo... menino eu quero cuidar de você... eu quero guardar você aqui. A gente ainda vai passar por muita coisa pequeno. Eu sei que o tempo tá acabando, mas eu queria te dizer que eu to aqui, pra fazer esse tempo valer a pena e durar uma eternidade. Eu to aqui pra te mostrar que a gente pode ser feliz um pouco. É estranho você olhar pro lado e pensar que você quer passar dias, meses e muito mais tempo do lado de alguém. Porque é com você que eu me sinto a vontade pra dizer o que eu quiser, pra fazer o que eu quiser, pra ouvir o que você disser, pra deixar você fazer o que quiser. É com você que eu me sinto eu mesma.
Eu estou com medo do que vai ser da gente, não minto. Mas dentro de mim tá nascendo uma esperança tão boa pequeno, tá nascendo uma vontade de não desistir sabe. Você me dá vontade de correr atrás, de procurar coisas boas pra mim, pra gente. Moreno, mesmo que a gente não de veja mais, eu quero que você não se esqueça que não vou me esquecer de você. Você vai ficar aqui comigo de qualquer maneira, você vai ficar comigo dentro de mim.
Te espero moreno, te guardo comigo.

30.10.11

Eu sei pequena, mas levanta que ainda há muito caminho pela frente.


Ok, ok. Vamos acabar logo com esse drama! Levanta a cabeça e para de chorar, anda, lava esse rosto. Agora olha pra mim. Pára com essa história de se achar feia, de achar que tudo dá errado, de pensar que você só vai ter coisas ruins. Presta atenção. Você é linda, tem um sorriso encantador, você é divertida, tem assuntos interessantíssimos, teve uma criação que muitos queriam ter, tem um caráter que poucos tem hoje em dia e não pode ficar assim desse jeito porque você não é assim triste desse jeito. Exatamente, você não é assim. Você é forte pequena. Primeiro de tudo, pára de ficar contando da sua vida pro outros, ninguém precisa ficar sabendo o que você pensa ou vive. Segundo, começa a ter pensamentos positivos menina, não só pensamentos mas atitudes também. Vai estudar pra passar no vestibular, vai fazer esse cabelo, fazer suas unhas, colocar uma roupa linda e sair pra passear. Vai cuidar do seu futuro, mas sem ficar pensando nele. Cuide dele fazendo a sua parte, fazendo tudo o que você pode fazer pra que ele fique bom. E cai entre nós não é chorando deitada na sua cama que você vai fazer ele ser melhor. Não fica chorando por causa de pessoas e coisas que te fazem mal. Quer chorar? Você até pode chorar, mas chora você sozinha, chora pra Deus, chora ouvindo música, chora. Mas chora com você mesma e não na frente dos outros. Ninguém precisa saber das suas fraquezas. Começa a fazer planos bons, começa a mudar tudo pra melhor. Pára de ficar em frente a esse computador, vendo coisas que te fazem ficar triste. Coloca uma música alta, leia sobre uma banda legal, veja um filme de comédia, converse mais com sua mãe, ria, ria e ria muiiiito. Passe o seu dia com pessoas que te fazem bem, e procure assuntos legais, sem ser aquele de falar que sua vida tá ruim, ou problemas de relacionamentos. Pare de pensar que você é fraca. Você é forte pequena. Tem muita gente que já passou por coisas piores, e o que vier você vai aguentar. Peça a Deus sabedoria pra lidar com as coisas que vão vir, e não fique só se lamentando com ele. Está na hora de mudar as coisas. O ano já tá acabando e tá vindo aí uma nova oportunidade de fazer diferente. Mas até o ano acabar, você ainda vai ter tempo de fazer esse ano ter valido a pena. Não se esqueça daquela história de que os outros não precisam saber das suas lágrimas. Só quem deve saber de suas tristezas e suas alegrias é você e quem você ama. O resto, não tem que saber de nada.
Escutou o que eu disse pequena? Então vem cá, me dá um abraço. Olha, sempre vai ter alguém do seu lado, e sempre vai haver alguém que te ama. Deus sempre está com a gente pequena. Mesmo quando a gente pensa que estamos erradas, Ele continua nos amando e vai continuar cuidando da gente. Agora levanta e continua caminhando, porque você ainsa tem muita coisa pra viver e conhecer.

24.10.11

Não sei de mais nada.



Porque eu não sei de mais nada. Eu não sei do nosso futuro, não sei mais de nossos sentimentos, não sei mais de nós. Tudo o que sei é o que ocorre no agora. Sei que você está comigo e que eu estou com você, sei do agora. Sei do seu olhar junto com o meu, sei do seu abraço e seu cheiro. Não sei dos nossos sonhos futuros, não sei do que virá e do que passou, só sei do que vivo nesse instante, só sei do que sinto e do que vejo. Então esqueço de tudo, e não procuro descobrir o que virá. Nós não sabemos de mais nada, e por incrível que pareça isso não me trás uma sensação ruim, isso só me trás uma sensação de esperança e ansiedade. O futuro não pertence a nós, mas desfrutamos o máximo do presente que ganhamos.

18.10.11

Quando se sabe o dia do fim.


Não sei qual é a pior coisa, perder alguém ou você saber que vai perder alguém. Você passa a maior parte da sua vida sem gostar de ninguém de verdade, ou quando gosta essa pessoa vai embora com as próprias pernas, porque não quer mais. Aí você se esquece de tudo isso se recupera e segue. Então vem o destino e te passa a perna, coloca uma pessoa do jeito que você sempre quis, e passa as melhores coisas que se podia passar com alguém.
Essa pessoa te faz rir, te abraça, te zoa, te olha, faz com que tudo pareça melhor... e faz com que você se sinta feliz, porque encontrou alguém que finalmente consegue te tocar sabe, alguém que consegue mudar coisas que você pensava que não podiam mais ser mudadas, então você se lembra que essa pessoa vai precisa ir embora... você sabe que ela vai voltar, mas é tanto tempo longe, e tão distante. E você pensa em "n's" coisas que podem acontecer nesse meio tempo, pensa na saudade que vai sentir, pensa em tudo o que você queria viver com essa pessoa e simplesmente não vai poder.
Eu vou sentir muito a sua falta, acho que vou sentir mais do que posso imaginar. Espero que a gente consiga ser feliz, juntos ou não. Enquanto não chega o tempo de você ir, quero aproveitar o máximo que eu puder isso tudo que estou conhecendo. Vamos esperar o que vai acontecer, por mais que doa. A gente vai se esbarrar por ai ainda, eu sei que vamos. O o que virá não será um adeus, será apenas um "até logo".
Ps.: Eu realmente gosto de você, de verdade. <3



"De todas as dificuldades que uma pessoa tem de enfrentar, a mais sofrida é, sem dúvida, o simples ato de esperar."
— Khaled Hosseini em *A Cidade do Sol*

14.10.11

O pra sempre sempre acaba... ou não.


Não se esqueça que tudo pode dar certo ou não. Talvez hoje você goste de alguém... amanhã talvez não. As coisas são assim pequena, e ninguém melhor do que você pra saber disso. ninguém sabe pra onde o vento vai nos levar pequena, ninguém sabe como será amanhã. Lembre-se pequena, nada nesse mundo é eterno. Nem sentimentos, nem você, nem ninguém. O pra sempre sempre acaba... ou não. Não somos nós que decidimos, nós só esperamos.

13.10.11

...


“Se quiser vir, que seja sem esse egoísmo tão “século-vinte-um” de trilhar caminhos pela metade, escapar pelos canteiros e me deixar falando pelos cantos. Se for pra calar minha boca, vem. Se for pra reescrever minha vida, vem. Mas que seja à caneta.”

Gabito Nunes

12.10.11

Deixar acontecer nunca foi meu ponto forte...


E você fica ai reclamando da vida, e de qualquer coisinha que ele faz. Tudo bem, ele não atende uma ligação e você pensa que o mundo caiu, que ele não quer te atender, que está pensando algo importante. Não, ele não pode ter deixado o celular em algum lugar, ou simplesmente não ouviu tocar. Afinal, essas coisas só acontecem com você, menina meio avoada que se esquece de coisas que pros outros são importantes, mas pra você nem é nada demais... mas afinal, você é especial. Qual quer tropeço é motivo de mandar ele embora logo. Discutir? Conversar? Perguntar? Pra quê? Você é menina madura, que desde novas já passou por poucas e boas, e já conhece iksso de longe, não perde tempo com discussões tolas, você é simples e direta, termina tudo e acabou.
Você diz que já tem experiência e que já sofreu demais com seus namoros que nunca duravam nem dois meses. É, e alguém pode dizer que você está errada? Mas nem pensar, só você sabe o que passou. Desculpa pequena, mas alguém precisa te dizer. Você nunca viveu uma história de amor, foram só crônicas, curtas e turbulentas, daquelas que te deixam com um peso estranho no coração. Você retruca e diz que já teve sim histórias de amor. Então ok, pode falar que eu te escuto, quantos foram os amores ? Quem você amou? hein? responde menina.
Difícil dizer não é verdade... afinal amor é coisa pra poucos, você já chegou a dizer que desses nem existem. Pequena, entenda que pra você viver uma história de amor, vai ter que se permitir, se decepcionar um pouco, entender o lado do outro, e muitas coisas que ainda vai descubrir. Pra você amar alguém vai ter que se permitir. Se você ficar nessa de mandar todos embora, nunca vai conseguir amar ninguém. Começar um amor também é um compromisso, um documento que assinamos aceitando os pós e contras. Não existem histórias que são só mar de rosas, isso nem em filme. Uma hora pequena, você vai ter que se permitir. E porque não agora? Vai sair do cinema antes de acabar a sessão ? Vai deixar mais uma vez que tudo se perca, se esquecendo de tudo e recomeçar a procura por um outro alguém ? É pequena, quem vai decidir isso é você, pois o ingresso dessa história, foi você quem pagou.

9.10.11

O ser humano é adaptável, vamos viver o agora e se der errado a gente conserta.


Você diz que desistiu de tudo, que nada nunca vai dar certo pra você e desiste do amor. Arruma tudo, limpa as feridas, arruma a bagunça dentro de você e você se sente quase completa. Aí vem alguém e desmonta tudo o que pensou, derrete o gelo do seu coração, desarruma tudo dentro de você de novo. Você não hesita, e vive tudo de novo sem reclamar. Você pode até não acreditar que tudo vai dar certo, mas pra ser sincera, você nem se importa com a bagunça que está sendo feita, se não der certo sempre podemos arrumar.

6.10.11

Espera pequena, que tudo se ajeita.


E você vai fazer coisas que pra você não é nada demais ou algo simples, mas que irão trazer muitas coisas... coisas que a gente nem imagina. E não adianta querer que o tempo corra, você vai ter que esperar pra ver, porque nem tudo vem como a gente quer ou quando a gente quer... ainda pra você né pequena, que tem recebido essa lição da vida desde sempre. Então, se aquieta, que tudo vai dar certo no fim. Ou pelo menos é o que se espera.

30.9.11

Deixa amanhecer...


Vamos, deixa amanhecer, deixa o vento levar as nuvens pra distante de você. Feche um pouco esses seus olhos curiosos, e pare de procurar coisas que não se veêm e sim se sentem. Escute o som do vento nas folhas, sinta o cheiro da brisa que acariciam as ondas dos seus cabelos... Respire fundo e deixe tudo o que tem te feito mal ir embora. Sinta o peso se esvaindo e os sentimentos bons te invadindo.
Perceba a delicadeza dos sentimentos que te invadem, abra os braços e sinta o abraço do novo, sinta o gosto de felicidade... pare de procurar a cura e deixe que a cura te encontre. Ela virá quando você estiver destraído, quando tudo parecer acontecer por acontecer. E então depois de tanta espera, você vai entender a demora, vai entender o porque de tudo o que lhe aconteceu, e vai sentir aquele frio na barriga que sentimos quando estamos prestes a sentir algo novo e bom.

22.9.11

Somos sorriso em tarde de ventania.


Somos muito mais do que pensam. Somos muito mais que um grupo de amigos em frente ao mar. Somos sonhos palpáveis, somos saudades densas e o amor mais forte que conheci. Somos a esperança de que tudo vai dar certo. Somos os laços que nos prendem em meio a toda essa distância. Somos as lágrimas que caem durante a espera do futuro bom. Somos as notas que soam de um violão. Somos os raios de um fim de tarde. Somos o apoio em tempos de tribulações. Somos os sorrisos bobos, e os olhos brilhando durante um plano de um mundo novo. Somos as mão que se dão. Somos os abraços que nos aquietam. Somos a chuva que insiste em cair. Somos os medos que nos aflige e a coragem que o enfrenta. Somos a força que nos sustenta. Somos a nostalgia do ontem e a ansiedade do amanhã. Somos nós, somos mais. Somos um livro antigo em um sebo qualquer. Somos os rabiscos num caderno antigo. Somos jovens, que descobrimos o amor antes desconhecido e que não nos cansamos de nos descobrir, de nos superar, de nos encontrar. Somos amigos em um retrato na estante, esperando nos reencontrar, esperando podermos voltar a nos amar.

18.9.11

Afinal, a gente escolheu assim.


Pra ser sincera, nem somos aquele casal exemplar que todos esperam. Na verdade, penso que ainda nem somos um casal, pelo menos não oficialmente. Acredito que o que tem feito a gente se olhar infinitamente sem nem ter coragem de perguntar o que foi só pra não estragar o esse instante, é essa tal coisa que nunca vivemos antes, essa história de deixar acontecer o máximo que pudermos sabendo exatamente o momento exato de tudo acabar. O pior é isso, sabemos exatamente o dia e o horário que vamos nos despedir, sem ter certeza ao certo de se quando você voltar os dois ainda estarão dispostos a continuar esse jogo depois do intervalo pro segundo tempo. Ficar no zero a zero, não tem deixado nenhum dos dois satisfeitos, fazendo os dois cruzarem os dedos pra haver ao menos um empate.
Não insistimos em nada, fazemos apenas o que queremos fazer, no momento em que queremos fazer, aproveitando todas as oportunidades possíveis de sermos as pessoas mais felizes do mundo, finalmente podendo ficar tranquilo, sem aquela sensação de "será que ele também está no mesmo barco que eu?".
Pois sim. Estamos no mesmo barco, na mesma estação, no mesmo caminho e temos a plena convicção de que vamos pegar uma condução diferente logo na próxima parada. A parada onde vai mudar completamente o rumo de nossas vidas que estão prestes a começar de verdade. Afinal, foi isso que queríamos, um futuro próspero com milhares e milhares de coisas novas pra experimentarmos.
Então fico aqui, vivendo ao máximo o instante em que está aqui e o que não estará, sabendo que fará o mesmo, e esperando o tempo resolver se nos encontraremos na estação seguinte a que você voltar, e se pegaremos o mesmo trem. Mas como já sabemos, o futuro não pertence a nós, então vamos viver o presente que nos foi dado e pensar que esse não vai ser um adeus, e sim, um até logo.

7.9.11

Vem pequena, que eu te entendo.



Tá, eu sei que você rejeitou ele antes, disse que ele era estranho demais ou coisas do tipo. Mas eu sei como é, ele olhou de um jeito diferente e você dsse que ninguém tinha olhado pra você desse jeito a tempos. A melhor amiga te humilhou um pouco por você se contradizer de novo, Mas eu compreendo, o mercado não está lá essas coisas, um namorado não é fácil assim de encontrar, escolhendo do jeito que você exige então. Uma excessão nem faz mal a ninguém, vai que é ele que vai te fazer feliz, pelo menos por um tempo.
Você já fez aquele discurso de que homens são todos iguais, e sua mãe concordou dando o maior apoio. Uns paqueras apareceram antes mas não eram lá essas coisas, não que esse seja o cara perfeito, mas pelo menos você não vai jogá-lo ao relento o primeiro obstáculo que aparecer.
Tudo bem que ele te ignora um pouco enquanto joga uns jogos de internet e aparenta uma criança de doze anos. Mas não estou te julgando, que carinha hoje em dia não faz isso. Ele tem aquele jeito meio sério, mas só você sabe as coisas lindas que ele sussurra e faz você parecer uma criança de doze anos apaixonada. Sei que você já confessou a si mesma o quanto o abraço dele te faz bem, e a voz dele já te acalma. Você não assume, mas fica pensando nele mais tempo do que devia e pqercebe que fazia tempos em que você tinha alguém pra conversar coisas sérias, morrer de rir enquanto um faz cócegas no outro, ou fica de mimimi e nhênnhênhêns. Então vamos adimitir, bem que você está gostando dessa experiência que a tempos não acontecia. Não precisa negar agora, porque os comentários vão surgir você adimitindo ou não. Então porque não ser feliz um pouco, se você faz alguém feliz? É morena, vamos esperar pra ver o que vai dar, e pense positivo, pare com essa mania de achar que tudo vai dar errado a qualquer instante. Se dê a chanse de viver o caos de estar apaixonada. Viva o caos de se apaixonar pequena.

6.9.11

De um amigo...


"Consigo imaginar perfeitamente minha vida do jeito que sempre quis. Mas, a verdade é que espero achar “algo” que me faça mudar completamente toda essa “perfeição” planejada. "

Cassi Tamandaré

<3

3.9.11

Não tenho medo do escuro, mas deixe as luzes acesas... agora...




Me prometa que vai ficar aqui comigo, pelo menos até a tempestade lá fora parar....


"Então me abraça forte, e me diz mais uma vez que já estamos distantes de tudo... "
Renato Russo

2.9.11

Que de dane.


Depois me perguntam porque eu sempre desisto... É porque eu não tenho condições físicas e nem psicológicas pra aguentar todas essa avalanche que vem em minha direção.
Quando tudo parece bem, as coisas logo viram de cabeça pra baixo. Me desculpe, mas eu não tenho pena de ninguém nessa situação, só tenho consideração a mim mesma, e na verdade sou a única que tem. Não é possível só eu enxergar tudo isso que acontece, é algo inacreditável... as pessoas simplesmente surtam e acham que sou um monstro, que sou a pior pessoa do mundo.
Eu já me importei muito com essa situação, e não vou mais, eu não quero isso pra minha vida. O meu orgulho já foi atingido o suficiente, o meu amor próprio nem se fala. Eu tenho o direito de viver a minha vida, de ter os meus amigos, tenho o direito de ao menos chorar na minha própria casa. Eu não vou entrar nessa depressão de novo. Por favor, todos vocês que enchem o meu saco, vão tomar conta da vida de vocês, porque da minha já tem gente o suficiente. Eu preciso do meu espaço, pelo menos um pouco. Eu vou tomar conta das minhas coisas e fazer o que eu quero e o que eu gosto, já cansei de fazer o melhor pros outros, vou fazer o que é conveniente a mim, porque se ninguém faz isso, eu terei que fazer. Não vejo a hora disso acabar.
DANEM-SE TODOS VOCÊS.

"Cuspiu no prato que raspou
Duvidou que um dia fosse mudar de idéia
Não preparou, se mandou, evaporou
Espatifou o prato na parede
E eu catando os cacos pra tentar colar depois
Mas depois não vou que não tem
Não vou que não tem, nem vai que não tô..."

Jay Vaquer - Assim, de repente

28.8.11

Escrever sobre você, escrever pra você...


Escrever sobre nós ainda tem sido um obstáculo, na verdade escrever sobre qualquer coisa. Mas hoje eu precisava falar sobre você, po um motivo que ainda não sei ao certo.
Você vem me trazendo uma esperança que já não sentia mais. Hesito em sentir tudo isso que me invade, até que não consigo mais evitar. A segurança que você me passa chega a me assustar, porque depois de tanto tempo o medo parece pequeno diante de nós. É estranho você sentir algo que não aperta o coração de uma forma ruim, que não te causa mal, pelo contrário, te trás uma felicidade que a tempos não te alcançava.
Você chegou quando praticamente tudo dentro de mim tinha se transformado em gelo, e com o seu calor derrete aos poucos o que estava frio. Agora, não e preocupo com o que vai acontecer, procuro viver o agora. E se amanhã a gente se machucar o tempo vai sarar, o que importa agora é sermos felizes... do futuro cuidaremos depois.

24.8.11

"Amanhã não se sabe..."


Não se comprometa dessa forma... ainda temos tanta coisa pra viver, tantas pessoas a conhecer.
Amanhã podemos encontrar alguém numa esquina qualquer que pode mudar absolutamente tudo. Vamos viver o agora, sentir o agora... as promessas pro amanhã deixe no silêncio, pois nunca sabemos o que pode mudar.

21.8.11

Á prova de amor.


(...)

Alô cara bacaninha que não usa meia esporte com calça social, não fala "trampo" e paga a conta inteira, com pinta de rapaz direito e cara de quem não matou ninguém, escuta aqui. Já fiz teu retrato falado. Para de rondar minha casa. Não invade meu espaço. Eu chamo a polícia, viu? Seu delegado, tem um bacana aqui ameaçando minha rotina. Nem minha mãe me dá atenção e carinho, quem é tu pra me oferecer esses engodos aí? Pó-pa-rá. Sem esses xién-xién-xién, que enquanto eu tiver dedo e leite moça ninguém me tira do sério, entendeu? Me ouviu? Hein? Me responde. Taí ainda? Fala alguma coisa, pomba vida. Começou mal, odeio quando não me respondem. Ãi guri, que raiva! Cadê o plug dessa escada de incêndio? Me tira do vácuo. Tá escuro aqui, moço...

Ele acreditou.

Tantas madrugadas assistindo os mais repetidos filmes fizeram de você uma perita no assunto. Então o Oscar vai pra você. A atuação mais convincente como coadjuvante em "À Prova de Amor". E olha que nem da crase você abre mão.

15.8.11

Fico pensando em nós.


A gente disse que seria pra sempre, fizemos promessas e projetamos nosso futuro.
Sonhamos em morarmos juntos, passar no vestibular, festas, brincadeiras, amidades. As vezes me pego lembrando das nossas tardes de pôr do sol e ventania, sentados na praça, jogando buraco e papeando atoa sobre o futuro. E de pensar que há um ano atrás estavamos juntos, os quatro, sonhando com o quanto está próximo, o tão esperado ano de maior idade e vestibular. Fico triste em pensar que estamos todos tão distantes um do outro, não só pela distância física, mas principalmente pela interior. O que mais me dói é que não estamos fazendo nada pra mudar tudo isso, estamos acomodados e parece que ninguém se importa. O pior é que estamos nos acustumando, está tudo se esvaindo e parece que vai acontecer tudo de novo como aconteceu com outros amigos. Será que nossa amizade vai sobreviver? <3
:(

4.8.11

"avisa que é de se entregar no viver"


Não sabemos o que será de nós, o que será dos nossos olhares e meio sorrisos.
Não podemos saber se esse caminho que é aparentemente tão bonito, com cheiro de coisas boas e desconhecidas irão dar em algum lugar imaginável. Não diga mais nada em voz alta, deixe tudo como está... se quiser contar algo, conte como um segredo, com sussurros. Vamos esperar o amanhã morena, vamos entregar nossos caminhos ao vento, ao tempo, ao acaso. Os nossos sonhos planejados não deram certo pequena, então deposite aqui os lugares previstos e previsíveis, carregue apenas seu sorriso, o coração e a nossa canção. Deixe tudo nos braços do amanhã.


Leia e escute ->Pois é - Los Hermanos.

1.8.11


Podia ser só amizade, paixão, carinho,
admiração, respeito, ternura, tesão.
Com tantos sentimentos arrumados
cuidadosamente na prateleira de cima,
tinha de ser justo amor, meu Deus?
Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo;
aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim.
Dilacerando felicidades de mentira,
desconstruindo tudo o que planejei,
Abrindo todas as janelas para um mundo deserto.
É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias,
me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos,
ilumina o corredor por onde passo todos os dias.
É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris,
pisar sobre estrelas e acordar serena.
É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito,
preparar uma massa, sentir seus cílios.
“Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã
e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?”
Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar.
Não negue, apareça. Seja forte.
Caio F. Abreu

30.7.11

(L)



Tenho pensado o que vai acontecer com a gente. Nesses últimos tempos passei pela parte mais importante da minha vida, onde cresci um pouco mais e aprendi muitas coisas.
Aprendi a amar pessoas independente do que vou levar em troca. Juntos, assumimos compromissos, rimos, brincamos, choramos e falamos sobre o futuro. E o nosso futuro, pra onde vai ? Sinceramente não sei o que faria sem a luz que clareia, sem o timbre das músicas mais lindas e sem os meus olhos de menino. Vocês sãos os meus amores, meus laços firmes, minha alegria de todas os dias. Vocês são as coisas mais lindas que já recebi. (L)

22.7.11

Poderia ter pensado em um outro alguém, ou em ninguém... mas pensei em você.


A muito tempo não digo pra mim mesma ou pra alguém que tenho um melhor amigo, ou chamo de amigo ou amiga numa conversa clichê, esses são poucos, posso contar nos dedos de apenas uma mão e esses são mais que importantes. Eu nem sei se deveria te contar, não que você não seja confiável, mas nesses últimos tempos quase ninguém tem sido.
Pela manhã me surpreendi comigo mesma em uma certa situação. Enquanto eu passava por um momento difícil, em que eu queria fugir da onde eu estava e apenas ficar em silêncio ao lado de um amigo, a primeira pessoa em que consegui pensar e tive vontade de ligar foi você... na verdade, você foi a única pessoa em que pensei.
Todos os meus outros amigos, também são importantes, mas todos tem os problemas deles... e mais um não seria bom. Sei que você também tem os seus, mas naquele momento nem pensei nisso, eu só precisava que você estivesse ali comigo. Fui egoísta, não ? Eu sei.
Eu fiquei com uma sensação estranha, porque quando eu passava por uma situação dessas de uns tempos pra cá, eu me sentia sozinha, ou nem pensava em nada ou ninguém. Eu já sabia que você era um bom amigo, mas já faz tempo em que alguém não consegue entrar nessa área, faz tempo em que ninguém passa por esse escudo de amizades.
Não sei o que pensar, ou o que dizer, pois da última vez em que vi alguém assim, não acabou bem. sinceramente sinto um pouco de receio.
Bem, só quero te pedir que não se assuste se eu ligar e falar coisas sem sentido, ou sentimentos que ninguém mais sabe... existem momentos em que não penso muito no que digo e acabo desabando tudo em alguém. E se isso acontecer e você não souber o que fazer, é só ficar em silêncio e me abraçar, eu vou melhorar e tudo vai voltar ao normal. Só quero deixar avisado, pois os sintomas de que encontrei um escape começaram a aparecer...

17.7.11

Pray.


Pai, sei que nesses últimos meses não tenho sido um grande exemplo... mas eu queria lhe pedir algo. Me ajude a ser fiel a Ti, me ajude a cumprir com o que digo a Ti... me ajude a ser Tua semelhança. Quero poder levar a Tua palavra... me dê um coração como o seu. Me perdoe por meus erros e pecados.
Amém.

16.7.11

The music



É incrível o quanto uma simples música pode mudar tanta coisa. Pode mudar o humor, um sonho, um sentimento. Pode firmar um laço de amizade ou amor, pode encher um dia de alegria... pode criar objetivos, metas.
Uma simples música pode mudar uma vida, pode passar liberdade... pode mover o seu corpo, mover sua mente, pode fazer você sonhar acordado, pode fazer você voar.
Uma simples música pode fazer você entender alguma situação, pode fazer um perdão surgir, ou um "eu te amo".
Uma simples música pode mudar muita coisa, até um coração.




#Gente me desculpem pela ausência... estou no último ano da escola, e estudando médio e técnico junto fica praticamente impossível postar aqui. Muito obrigada a todos pelo carinho e por todos os selos e desafios, só estou sem tempo de postá-los, mas obrigada mesmo assim.
Espero que continuem visitando. Sempre que puder postarei algo.
Beijos

9.7.11

"estou depositando no nosso amor toda minha confiança"


"(...) Pronto, não consigo ouvir "If I Feel" sem reviver aquela vez naquela pracinha de pombos negros, você dizendo que se entregaria a nós, se pudesse confiar em mim. Pois estou depositando no nosso amor toda minha confiança, como pode ver. Espero que você esteja realmente satisfeita e sã da responsabilidade que é tornar-se minha sócia em todas essas faixas, as que meu pai me botava pra ouvir quando era um feto de, sei lá, seis ou sete semanas - elas me devolvem ao útero, o melhor lugar do mundo inteiro, dá pra entender? Você tem todo meu amor, os Beatles e mais um milhão de motivos pra não me magoar."

4.7.11

Apenas mudamos.


O que a gente faz agora? Ficamos aqui fingindo que nem ao menos nos conhecemos, ou que só nos falamos uma ou duas vezes por educação?
Tento entender o que aconteceu com a gente, o que aconteceu com nossas risadas, abraços, olhares, brincadeiras, a vergonha que já passamos e fizemos o outro passar, as conversas longas e que tiravam aquele peso de nossas costas. Te vejo e penso o que fizeram com a gente, penso o que o tempo nos fez, o que nós fizemos. A um tempo você me conhecia de uma maneira que só de me olhar sabia o que eu estava sentindo e pensando... hoje não nos olhamos nos olhos, na face, ou em qualquer outro lugar. Tínhamos o amor mais bonito, o sorriso mais sincero, o abraço que mais valia a pena. Hoje só temos lembranças de um ontem doce que se acabou. Só quero que saiba que pra mim não se acabou assim, não para o nosso amor, aquele em que nem podíamos explicar o tamanho. Ele adoeceu e se recupera com sequelas, mas saiba que cuido dele com carinho.
É tão difícil pra mim, tão estranho, ver que nossos sonhos se realizam aos poucos embora tão distantes. Sei que não deveria tocar nas feridas, mas pelo que vemos já cicatrizaram... existem marcas, mas estamos nos curando.
Não se esqueça de mim, não se esqueça de nós.


"Old friend
Why are you so shy
It ain't like you to hold back
Or hide from the light

I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight it
I hoped you'd see my face and that you'd be reminded
That for me, it isn't over"
Adele - Someone like you



30.6.11

Podem me tirar tudo, menos a esperança de que tudo dará certo.


O que é a vida sem acreditar que amanhã pode ser um dia melhor? Entenda, não adianta viver o hoje pensando no ontem. Temos que ter esperança de um amanhã melhor.
Acredite que amanhã é um novo dia, e é nele que deve recomeçar... sem ter esperanças no amanhã pra quê viver? A vida é feitas de esperanças, pois sem esperança não existe vida. Pense nisso, e o mais importante... recomece.

28.6.11

Você desliga, ou surta.


E então chega um daqueles dias em que você realmente precisa desabafar com alguém. Com o coração na boca e uma cachoeira prestes a jorrar dos olhos, você ergue a cabeça, engole o choro e segue em frente. Finge durante todo o dia que tudo está bem e que nada precisa mudar. Trabalho, escola, treino e você ali pronta pra falar tudo o que sente pra qualquer um que perceba que você precisa. Seu professor de judô pergunta se está bem, você responde que sim e sorri. Ele olha pra você com aquele olhar de que você mente mal, e diz pra você treinar pra relaxar. Ótimo tudo o que eu precisava, apanhar e fazer milhares de abdominais pra relaxar. Enfim.
Você termina toma um banho, relaxa e se prepara para as milhares de aulas que ainda terá durante o dia. Se arruma com vontade pra ver se dá um "up" no seu humor. Alguns comentam, outros nem percebem. Você encontra a última pessoa que você queria ver nesse pequeno dia turbulento, respira fundo e segue. Suas amigas tagarelam sobre namoros, brigas sem sentido e algumas coisas que pra elas são importantes, porém pra você são mais fúteis do que tudo no mundo. Você escuta dá seus conselhos e cumpre seus deveres de amiga. Não fala nada sobre o que sente porque simplesmente não sente nem vontade, é algo só seu no momento. Chega em casa, e desaba. Outra amiga t liga e diz que precisa conversar. Você se enche de forças novamente e escuta tudo. Volta pra casa desaba no seu blog, como se pudesse aliviar todo o peso que sente. Percebe que até que funcionou. Se despede, e vai dormir, pra ver se a cabeça esfria um pouco.

Off.

21.6.11

Dedos cruzados.


Me disseram que o a causa dos meus sentimentos embaralhados é o meu pensamento negativo.
Pois bem, como quero mudar algumas coisas á um certo tempo e não acontece, vou usar um pouco do pensamento positivo pra ver se dessa vez dá certo.
Então, primeiro ato de pensamento positivo: "Acredito que vai dar certo."

13.6.11

" Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada 'impulso vital'. Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te surpreenderás pensando algo assim como 'estou contente outra vez'"
Caio fernando de abreu

6.6.11

Só mais um romance clichê.


"Vem cá e senta aqui do meu lado, hoje precisamos conversar." Diz sua melhor amiga querendo te ajudar. Diz que você anda muito irritada com as coisas e precisa arranjar algo como um escape.
Talvez o motivo seja suas 12 horas diárias de trabalho, estudo, trabalho, sem descanso. Ou sua irritação com a insistência da sociedade em dizer que precisa de um namorado. Comerciais e flores andando pela cidade e você com aquela desculpa de sempre de quer um tempo pra si mesma.
Vamos ser sinceras, bem que você tentou um romance com algum cara legal, mas sempre quando a coisa ia ficar séria você dava um passo pra trás. Eles sempre concordavam com você e você tentando encontrar uma desculpa pra acabar com aquilo o mais rápido possível. Disse que não ia dar certo e que eram muito diferentes um do outro.
Você olha em volta e vê vários casais, que você até acha fofos, porém não pensa que quer isso pra sua vida, acha que eles monótonos ou grudentos demais. Pára e observa as coisas ao redor e imagina como seria um romance perfeito pra você, alguns minutos se passam e não consegue formar nada que lhe agrade o suficiente. Alguns dizem que você tem um certo medo de compromisso, você retruca dizendo que só não chegou o cara certo, que ninguém chegou em você nesses últimos meses ou que prefere ficar sozinha mesmo.
Penso que o você realmente queria, era aqueles romances clichês com cinema, sorvete, apelido de morena, beijos em praças ou em qualquer outro lugar. Um romance com olho no olho, brincadeiras, beijos, brigas e beijos de novo. Romance com direito a risos espontâneos, cantar Último Romance, fazer brigadeiro na cozinha, pagar mico sem se importar, ir McDonald's sexta-feira a noite , desejo, afeto e amor.
Enfim. Na verdade era só isso que precisava... um daqueles romances em que pudesse se sentir protegida e a sensação de que não iria se sentir sozinha, nem tão cedo.



"Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar."

(Fabrício Carpinejar)

28.5.11

Deixa acontecer.


As coisas sempre irão continuar acontecer. Sempre haverá alguém se apaixonando, sempre haverá o vento soprando, sempre haverá alguém se olhando. Independente do seu estado de espírito ou do seu estado físico, tudo continuará a acontecer.
Alguns amigos vem conversar comigo, contar suas preocupações e sonhos, e alguns se preocupam com coisas que antes me pareciam as mais importantes do mundo, e que hoje já nem faz tanta diferença assim. É incrível o quanto a gente se importa com coisas que daqui a um tempo nem fará mais diferença.
Hoje mais cedo uma amiga minha me disse que tinha medo de se entregar em um certo romance. Ela totalmente apaixonada, dizia que não se conformava em ter que "se prender" em certas coisas, como demonstrar o que sente. Eu comecei a dizer, "ah não demonstre tanto..." então eu parei e pensei, porque não? Se der certo ela vai estar aproveitando todos os momentos, e se não der... a gente se cura, o tempo passa, novas pessoas chegam, novos sonhos novas realidades. Daqui a uns 40 anos ou menos, talvez ninguém mais nem se lembre de nós. E a gente se incomoda tanto com que os outros vão pensar... acabamos sendo pessoas que não viveram tudo o que queriam, por pensar nos outros, sendo que daqui a uns anos nem fará diferença. Hoje, percebi que devemos viver. Que devemos sentir e sonhar independente de tudo, faça o que seu coração deseja e não te condena. Resolvi que devo ser feliz, e devo me dar a chance disso.
Cada dia que passa a minha certeza de que devo deixar as coisas acontecerem aumentam cada vez mais.



"Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus, e que não abro mão
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora"
Pra rua me levar- Ana Carolina



13.5.11


Tudo bem, eu sei que nem tudo pode dar certo, sei que não tem como realizar todos os meus sonhos e ter você aqui ao mesmo tempo. Não podem acontecer tantas coisas boas juntos.
Enquanto isso fico aqui, eu, a voz do Marcelo Camelo cantando ao fundo, e a minha dor de cabeça que parece nunca passar.
Eu queria poder parar tudo e tirar todas as tristezas, todos os medos, anseios e preocupações. Quero parar de fingir que me preocupo com coisas idiotas enquanto no fundo só quero um motivo pra pensar em algo falsamente produtivo. Queria ao menos uma vez não deixar coisas pela metade, ou pessoas importantes pra trás. Não quero mais sentir aquela sensação de tanto faz... quero ao menos uma vez ver que posso contar com alguém, que posso contar com você. Odeio sentir essa sensação de não saber quem sou, o que sou, o quero pra meu futuro, o que realmente desejo.
As coisas andam tão complicadas que nem consigo mais escrever, não sinto mais a música me invadindo, e nem faço mais questão de muitas coisas. Queria só me esquecer de tudo e poder recomeçar sem minhas antigas decepções. Sei que tem coisas que realmente deveriam acontecer, pois não podia me apoiar sempre e alguém, existem momentos em que devemos nos sustentar um pouco, em que devemos aprender a andar com nossas próprias pernas. Eu só espero poder voltar e contar coisas boas, coisas felizes, poder dizer que vale a pena pois no fim tudo dá certo. Mas como dizem, ainda não chegou ao fim.

5.5.11

Acordes


Por dez vezes poderia cantar os acordes dos cantos belos e por dez vezes poderia anunciar as vozes, os risos e a pele do meu amor.
Por dez vezes poderia meditar em vão, mas meditar sobre a distância que separa seu riso da minha dor e, após meditar e meditar, após chorar e tanto chorar, eu fincaria os pés no escuro e esperaria pelo canto do acorde que eu já não sentiria tão belo.

Vanessa Fernandes- Acordes, Onde se desenha um par de asas.



#Sinto falta das notas que soavam do seu violão, sinto falta das cores e sorrisos. Sinto falta do seu olhar travesso, e da sua risada incomparável. A distância pode separar fisicamente, mas nunca nossa amizade. Nossos corações estão juntos, para um cuidar do outro. ♥

29.4.11

"Toda manhã meu sonho acorda dentro de outro sonho."

"O amor te feriu como fere uma flecha sem velocidade e impulsão. Ela cai no chão, você junta e enterra no próprio peito. É pena que quer despertar no outro, no próximo, no amado que se foi? Ninguém tem pena de você. Basta nascer para começar a sofrer, tudo é impermanente, não se iluda. O amor é gasoso, invisível, lendário, metafórico, um sonho. E como todo sonho é insólito, não pode ser cadeado em algum outro lugar que não o coração.

Seu coração não quebrou, pelo contrário, é única coisa que ficou intacta. Ele está lá, esperando por outrem. Como o meu, que pulsa melhor que antes. Um dia vou despertar e voltar a me abraçar com a solidão, estou sabendo. Por hora, não. Amanhã. Hoje, sigo sorrindo, chantageado pela minha versão atual. Toda manhã meu sonho acorda dentro de outro sonho."

18.4.11

Uma das melhores coisas é quando olho pra você e percebo que é com você que tenho os meus sorrisos mais sinceros. Não quero depositar esperanças, ou sonhar com um futuro fantasioso, quero só ficar aqui, e sentir o agora. Quero ficar aqui pra sorrir meus melhores sorrisos, esses que tenho com você.
Gosto do seu cheiro, do modo em que olha pra mim dando toda a atenção do mundo para as coisas que digo, gosto das sinceridades e verdades. Gosto de poder ver que posso contar com alguém aqui e agora, gosto do jeito em que implica comigo e me abraça no momento seguinte. Gosto de deitar no teu colo e pensar na minha vida enquanto você mexe nos meus cabelos. Espero que você continue aqui por muito mais tempo... pois no meio de toda essa confusão que está acontecendo por dentro e ao redor de mim, você é o ponto mais estável, e talvez até mesmo confiável. Pois você a única certeza que existe aqui agora. Muitas coisas não tem mais feito sentido... nem minhas próprias palavras. Você é o que tem feito mais sentido nesses últimos anos, você é o que tem trazido mais vida.

14.4.11

-


Tudo bem, não precisa me dar atenção, ou perguntar se aconteceu alguma coisa. Só me deixa aqui quietinha, no seu colo. Não pergunte o porque das lágrimas, pois não é tristeza, só estou meio saturada... Daqui a um tempinho eu seco as lágrimas, levando a cabeça e sigo em frente. Mas depois. Agora preciso ficar aqui. Preciso me esvaziar um pouco.

"É só hoje e isso passa, só me deixe aqui quieto, isso passa... Amanhã é um outro dia, não é?...Eu nem sei porque me sinto assim, vem de repente um anjo triste perto de mim... E essa febre que não passa e meu sorriso sem graça. Não me dê atenção, mas obrigado por pensar em mim..."

Via láctea- Legião Urbana

12.4.11

"Mude.


Mas comece devagar,
porque a direção é mais importante que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção os lugares por onde você
passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos. Procure andar descalço
alguns dias.
Tire uma tarde inteira pra passear livremente na
praia, ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma do outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de TV, compre outros
jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia,
o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo
jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida.
Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida, compre pão em outra
padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores
Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas,
troque de carro, compre novos óculos, escrevas outras
poesias.
Jogue fora os velhos relógios,
quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros
teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se que a vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um novo emprego,
uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais
prazeroso,
mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa,
se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas.
Mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o
dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda!"

Edson Marques

7.4.11

É preciso sentir.


O que a gente faz agora? Ficamos aqui sentados nos encarando procurando alguma solução ? Procurando algum flash de esperanças em alguma expressão feita em frações de segundos? Pra ser sincera nem há nada a fazer. Pelo menos nada aqui.
Chega uma hora em que você deve seguir em frente. Há tantas coisas ali na frente, ali, a alguns quilômetros de distância daqui ou talvez menos. Mas você insiste em ficar aqui, onde mais nada pode mudar. Nós aprendemos a conviver, nós aprendemos a viver. Remoer as coisas não valem a pena quando há um mundo inteiro a ser descoberto, onde existem coisas para serem experimentadas, apreciadas, e sentidas.
Sentir. Sentir. Sentir.
Alguém movido por sentimentos. Movido. O sentimento precisa te mover, precisa preencher cada parte do seu corpo fazendo com que você possa sorrir, correr, dançar, cantar... nossa, são tantas coisas boas que pode fazer. Então porque usar o sentimento para te prender, para te parar ou te fazer chorar enquanto existem milhares de coisas para se conhecer. Se conheça, conheça o mundo, conheça possibilidades. Deixe todo o passado que te encara sentado em um canto qualquer, e siga o futuro que te chama com um sorriso no rosto. Sorria pra ele, segure sua mão e siga, sinta, viva.



"Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe."
Caio Fernando Abreu