6.6.11

Só mais um romance clichê.


"Vem cá e senta aqui do meu lado, hoje precisamos conversar." Diz sua melhor amiga querendo te ajudar. Diz que você anda muito irritada com as coisas e precisa arranjar algo como um escape.
Talvez o motivo seja suas 12 horas diárias de trabalho, estudo, trabalho, sem descanso. Ou sua irritação com a insistência da sociedade em dizer que precisa de um namorado. Comerciais e flores andando pela cidade e você com aquela desculpa de sempre de quer um tempo pra si mesma.
Vamos ser sinceras, bem que você tentou um romance com algum cara legal, mas sempre quando a coisa ia ficar séria você dava um passo pra trás. Eles sempre concordavam com você e você tentando encontrar uma desculpa pra acabar com aquilo o mais rápido possível. Disse que não ia dar certo e que eram muito diferentes um do outro.
Você olha em volta e vê vários casais, que você até acha fofos, porém não pensa que quer isso pra sua vida, acha que eles monótonos ou grudentos demais. Pára e observa as coisas ao redor e imagina como seria um romance perfeito pra você, alguns minutos se passam e não consegue formar nada que lhe agrade o suficiente. Alguns dizem que você tem um certo medo de compromisso, você retruca dizendo que só não chegou o cara certo, que ninguém chegou em você nesses últimos meses ou que prefere ficar sozinha mesmo.
Penso que o você realmente queria, era aqueles romances clichês com cinema, sorvete, apelido de morena, beijos em praças ou em qualquer outro lugar. Um romance com olho no olho, brincadeiras, beijos, brigas e beijos de novo. Romance com direito a risos espontâneos, cantar Último Romance, fazer brigadeiro na cozinha, pagar mico sem se importar, ir McDonald's sexta-feira a noite , desejo, afeto e amor.
Enfim. Na verdade era só isso que precisava... um daqueles romances em que pudesse se sentir protegida e a sensação de que não iria se sentir sozinha, nem tão cedo.



"Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar."

(Fabrício Carpinejar)

12 comentários:

  1. Oi, você já segue o blog do Guilherme Sakuma - e ele também segue o seu. Agora ele está colaborando no meu (blog); é bem legal também, tem algumas histórias cabeludas e tal, rs.

    Estou te seguindo, se puder, me segue por lá também!

    Beijo *

    ResponderExcluir
  2. Por vezes quando procuramos demasiado algo, isso nunca aparecesse...deixe apenas o tempo passar e o verdadeiro amor irá encontrar

    ResponderExcluir
  3. Por que eu acho que todo mundo, ou quase todo mundo, no fundo, deseja esse amor perfeito, que não existe..xD

    ResponderExcluir
  4. blog muito legal ;D SEGUINDO !!

    SEGUE DE VOLTA !! =D

    http://thegirlandboy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. "Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar."
    Ótima escolha, rs!
    Tem dias que eu também tenho vontade deste amor cichê.

    ResponderExcluir
  6. Às vezes as razões e motivos para nos sentirmos plenos e felizes estão á nossa disposição, de maneira simples. Mas esquecemos de olhar bem aqui debaixo do nariz para vascular horizontes inúteis...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. oiii

    adorei seu blog

    tô seguindo


    segue???


    http://meuryss.blogspot.com/

    Bjim

    ResponderExcluir
  8. Tenho que dizer, o amor é mesmo uma questão angular.
    Tem aqueles que amam o amor que nunca viveram,
    aqueles que estão cegos de tanto amor
    e aqueles que escondem as cabeças para não ver nada!
    Daí a gente vai oscilando. Escapar das "garras" do amor também é bom, diga-se de passagem!

    Amei o texto, bjok

    ResponderExcluir