28.11.11

Eu quero muitas coisas moreno, eu quero muito mais.


Quanto mais o tempo passa, mais eu quero estar com você. Quero continuar a ver sua cara de mal humorado quando acorda, quero continuar a perceber seu olhar na minha direção enquanto fico distraída, quero continuar a morrer de rir enquanto você faz cócegas, quero continuar com nossas brincadeiras, quero continuar a sentir seu cheiro...Eu quero muitas coisas moreno, eu quero muito mais.

Antes de você aparecer eu não queria nem metade do que eu queria agora. Eu até já quis antes, mas eu tinha desistido. Eu desisti porque via muitas pessoas sendo felizes e eu não, nunca tinha sido a minha vez. Então eu resolvi começar a ter outras prioridades, coloquei na minha cabeça que tinha que ter independência. Isso mesmo pequeno, independência. Eu não pensava mais em ter um amor, eu queria ser uma boa profissional, e coloquei minha vida pessoal como ultima opção. Penso que esse tempo de ter outras prioridades me fez muito bem sabe. Porque eu cresci um pouco mais, fiquei mais “adulta”. Com o tempo, me esqueci um pouco os romances, se me perguntassem se eu queria um alguém, eu diria que queria ter dinheiro, uma vida profissional estável, e que não precisava de alguém, porque gostar de alguém é coisa de adolescente. Aí fiquei eu, toda distraída com a vida corrida e quando menos esperava chegou você de mansinho, como ninguém quer nada invadindo parte de mim.

Eu, uma garota que pensou ter virado de lata, sentindo o coração voltar a pulsar com intensidade, fazendo todo o muro que construí desmoronar, por um rapaz que ficou escondido por tempos e resolveu aparecer do nada. Garoto abusado, invadindo meu coração e tendo a audácia de me fazer feliz. Vê se pode, quando eu consegui me sentir imune a paixões, vem um garoto abusado e me invade. E o pior, aceitou todos os meus defeitos, aqueles que eu mostro pra ver se o cara cai fora e me deixa logo em paz, o que sempre funciona. Mas não, ele viu minha cara de brava, e disse que eu ficava linda. Viu minhas brincadeiras repetitivas e riu de todas elas, viu meu ciúme e se sentiu bem, viu minhas lágrimas de irritação e secou, viu meu mal humor e me fez cócegas, viu meu jeito meio grudento e disse que cada dia que passava gostava mais de mim.

Pronto. E agora moreno? Você conseguiu passar por todos os muros de defesa, e conseguiu me ver com o realmente sou. Agora, que eu não consigo mais escrever sobre outra coisa ou alguém além de você, agora, que eu me pego sorrindo pensando em você. Agora moreno, que você conseguiu me alcançar, e me deixar com vontade de ser feliz de novo. Agora toma que está nas suas mãos. Está nas nossas mãos, moreno. Nos damos nossas mãos.




"(…) tudo que em mim se anunciava rude, nele se mostrava doce."

Caio Fernando Abreu

23.11.11

Quero.


Só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente.
Dessa vez, com você, eu queria que desse certo.



Caio F. Abreu

17.11.11

Algo me diz que vai dar certo.


Estou escrevendo mesmo. E sim é pra você, sem tirar e nem pôr. Sei que vai passar aqui pra saber o que escrevi sobre você e sua viajem moreno. Ou não, quem vai saber.
Enfim, o que importa é que estou aqui pra falar mais um pouco de você.
Então, o resultado já saiu e já sabemos pra onde vai, quando vai e tudo o mais. E moreno, a saudade que sisma em se adiantar chegou cedo, chegou antes do que deveria. E eu quero aproveitar você o máximo que eu puder, eu quero o agora, eu quero você agora.
Saber que você vai ficar mais perto no ano que vem faz com que eu me sinta melhor. Eu sei que você vai precisar ir, mas eu quero que você saiba que eu estou aqui, e mesmo longe você vai poder contar comigo. Eu não vou esquecer nossas brincadeiras, nossas implicâncias, nossas caretas, nossos olhares, as horas que passamos juntos e todo o resto. Eu não vou te esquecer pequeno, e ainda vou querer muito mais de você. Porque tem algo me dizendo que vai dar certo pra gente moreno. Mas por enquanto vamos vivendo um dia de cada vez, porque foi vivendo um dia de cada vez que a gente chegou aqui. Vai dar certo moreno, eu sei que vai.

5.11.11

Dizer enquanto é tempo.


Sabe menino, eu quero cuidar de você. Eu quero cuidar de você porque você me faz sorrir e porque quando escuto sua voz tenho vontade de fechar os olhos pra poder gravar ela na minha memória e ficar passando e repassando ela antes de dormir. Eu quero cuidar de você, porque quando você deita do meu colo e dorme eu coloco a mão no seu peito só pra sentir as batidas do seu coração.
Menino, você não tem ideia do que é isso pra mim. São tantos os detalhes pequeno, são tantas as coisas que eu queria te dizer, são tantos os sorrisos que você me trás, são tantas saudades antecipadas, são tantas situações, sã tantas as palavras que você me diz e eu guardo... menino eu quero cuidar de você... eu quero guardar você aqui. A gente ainda vai passar por muita coisa pequeno. Eu sei que o tempo tá acabando, mas eu queria te dizer que eu to aqui, pra fazer esse tempo valer a pena e durar uma eternidade. Eu to aqui pra te mostrar que a gente pode ser feliz um pouco. É estranho você olhar pro lado e pensar que você quer passar dias, meses e muito mais tempo do lado de alguém. Porque é com você que eu me sinto a vontade pra dizer o que eu quiser, pra fazer o que eu quiser, pra ouvir o que você disser, pra deixar você fazer o que quiser. É com você que eu me sinto eu mesma.
Eu estou com medo do que vai ser da gente, não minto. Mas dentro de mim tá nascendo uma esperança tão boa pequeno, tá nascendo uma vontade de não desistir sabe. Você me dá vontade de correr atrás, de procurar coisas boas pra mim, pra gente. Moreno, mesmo que a gente não de veja mais, eu quero que você não se esqueça que não vou me esquecer de você. Você vai ficar aqui comigo de qualquer maneira, você vai ficar comigo dentro de mim.
Te espero moreno, te guardo comigo.