27.1.12

Dia 19



Aí eu paro e penso, em como você consegue me causar uma alegria tão grande. Ouvir sua voz só faz com que minhas forças cresçam .Você invadiu meus sonhos, meus planos, meu mundo. Não vou dizer que não sobrevivo sem você, sobrevivo sim. Mas eu não quero sobreviver pequeno, eu quero viver, realmente viver, e viver com você é um dos meus projetos mais desejados.
É incrível, você pode estudar, trabalhar, resolver suas coisas e ainda assim não parar de pensar em um alguém. Um alguém que te fez sentir coisas que você nunca sentiu.
Eu tinha desistido, quis deixar as coisas pra lá e apenas resolver as coisas palpáveis, queria ser o mais racional possível, e bem, até que eu estava conseguindo. Mas veio você pra quebrar todos os tabus que criei, todos os meus planos de sobreviver neste mundo, e começar a sentir uma vontade que chegava a dar frio na barriga de realmente viver, de realmente sentir uma felicidade extrema, de ter intensidade.
É pequeno, você veio pra mudar, e fazer com que eu quisesse muito, mas muito mais que o planejado, e descobrir que as coisas não se planejam, elas acontecem. E você tem que tomar decisões importantes que podem ou não dar certo. E o que mais eu quero nesse momento é que a gente dê certo moreno, e nós daremos, pois nós queremos.

3 comentários: