15.3.12

Dia 67





Eu estava lá, sentada embaixo de uma árvore qualquer, sentindo a brisa nos cabelos. Eu não estava triste, porém também não estava tão feliz assim. Existiam milhares de problemas pra resolver, mas não tinha o que fazer a não ser esperar.
Esperar.
Tudo o que podia ser feito era esperar o tempo passar. Logo eu, garota ansiosa, cheia de planos e projetos, com milhares de expectativas, vendo que nada do que foi planejado estava acontecendo. O tal do destino me pregou uma bela de uma peça, e tudo o que eu podia fazer era entrar na dança.
Tive que me acostumar com as partidas, com as novas chegadas, com as novas possibilidades, e com os projetos que tiveram de ser desfeitos. Agora estou aqui, sentada escrevendo um pouco pra ver se organizo os meus pensamentos mais embaralhados do que nunca, procurando mirar na meta, e ter foco. Porque se devo esperar o tempo o que mais há de fazer. Vou ficar aqui fazendo minha parte, tentando se o mais forte possível, me adaptando e amadurecendo. Vou esperar, mas não quer dizer que desisti de nada, só vou dar um tempo para que as coisas se encaixem dos devidos lugares.

#A força que você tem me passado é o que tem me deixado de pé. Peço a Deus todos os dias que renove nossas forças e que tudo dê certo no final. Te amo, te quero e te espero.

Um comentário:

  1. Teu blog é lindo, parabéns!

    Vem conhecer o meu:
    leiakarine.blogspot.com

    ResponderExcluir