20.10.13

Tudo e nada

Ele me deixa confusa e ao mesmo tempo com a certeza. Como pode alguém nos causar todos os sentimentos juntos. Cada detalhe, cada toque, tudo é perfeito,  tudo envolve toda a alma todo o coração. Arrepio, cheiro, poesia, olhar, pele, boca, cabelo, lágrima, riso, alegria, luz, velocidade, lentidão.
Querer correr e ficar parado,  gritar, silenciar. Ele é tudo,  ele é calor, frio, saudade, afeto. Carinho, amor, ciuminho com  riso e cosquinha no final. Ele é tudo. Traz medo e decisão. Traz força e inspiração. Correria, nostalgia, esperança, ataque de amor, cosquinha, beijinho. Ele é minha felicidade, minha ansiedade. É minha vontade de deitar num colchãozinho e ficar apertadinho no frio. Ele me faz querer tudo e nada. Eu poderia me mudar pra qualquer lugar onde ele estivesse e o faria sentir todo  o amor do mundo pelo resto da vida. Eu casava de papel passado, vestida de noiva na igreja, na praia, no jardim. Faria tudo, tudo pra que eu pudesse fazer pelo com que ele sentisse um terço da felicidade que me faz sentir.

"sou  da cor, do tom, sabor e som que quiser ouvir... sou calor, clarão, escuridão, que te faz dormir..."

Um comentário:

  1. É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever
    reparei que se tem esforçado por nos dar o melhor,
    é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
    Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo
    agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.

    ResponderExcluir